2008/05/12

Como manipular dizendo a verdade

Duas diferentes formas de dar a mesma notícia:

1) O Salário Mínimo Nacional, estabelecido pelo governo, cresce a um ritmo superior ao do salário médio, aproximando-se deste último. Os empregadores que queiram manter empregados pouco qualificados têm de o fazer a um preço cada vez maior. Esse salário aproxima-se do salário de trabalhadores mais qualificados. O número de pessoas a auferir o mínimo estabelecido por tabela consequentemente é maior, uma vez que o limite mínimo é obrigado a aumentar. Auferir o Salário Mínimo Nacional é algo cada vez mais comum, e equiparável em termos de poder de compra ao salário médio nacional.

Publicado em Jornal Nenhum


2) Há cada vez mais pessoas a auferir o Salário Mínimo Nacional. Já vai em 192 mil pessoas, quem o diz é o Ministério. A culpa é das empresas que querem conter os custos, e dos imigrantes pouco qualificados. Entrevistamos alguns reputados economistas que assim o confirmam. O governo aumentou em 6% o salário mínimo, mas isso não interessa nada.

Diario Economico

1 comentário:

Igor disse...

Se não houvesse aumento do salário mínimo, havia muita gente que ganhava acima dele e que nos próximos anos não teria aumento salarial. Graças aos aumentos de 5 e 6%, estão a conseguir perder menos poder de compra.