2008/02/29

4 anos de Blasfémias

O Blasfémias foi um dos blogues que me ensinou a gostar da blogosfera e que, ainda hoje, apesar da falta de tempo disponível, continua como leitura diária (bidiária, tridiária,..) obrigatória. Entre o anarco-capitalismo e o liberal-socialismo, foi nas discussões com o João Miranda, e nas leituras que ia fazendo para me manter ao seu nível, que me fui formando ideologicamente. Porque ainda há muitas mentalidades a mudar, porque a formação ideológica é, e deve ser, um processo contínuo (quem nunca muda ideologicamente, ou está absolutamente certo ou é muito estúpido), os meus desejos hoje, em dia de aniversário, é que continuem por muitos anos. Nós, os leitores, cá estaremos para os desafiar, para aprender e para nos mantermos todos mais informados.

2 comentários:

JLP disse...

Faço minhas as tuas palavras!

JB disse...

Eu também. Reconheço no CAA e no JM dois dos melhores bloggers nacionais. Porquê? Porque são independentes de quaisquer pessoas ou ideias. O que os distingue de outros bloggers liberais ou, como se preferir, de direita. Dito isto, o Blasfémias é o blogue por excelência, porque se há sítio onde houve e ainda vai havendo discussão de ideias é ali (não no Insurgente, na Atlântico ou noutros blogues).
Tenho pena que já não se note tanto a pronúncia do Norte, visto que esse era outro motivo de orgulho.