2008/01/03

Despoletar / Espoletar

Queria enterrar aqui de uma vez por todas a pretensão ridícula segundo a qual o termo adequado seria "espoletar" em vez de despoletar. Já tenho ouvido alguns amigos meus pronunciar esta última, ao contrário do que é uso corrente. Alegam que tirar uma espoleta impede o disparo, ou em sentido figurativo, o desencadear de uma acção. O significado dessa desactivação seria atribuído pelo prefixo -des. E portanto quem usa o termo "despoletar" diria na verdade o contrário daquilo que pretendia.

Quatro argumentos contra essa doutrina:

1) Façamos uma Google Battle: existem 20 vezes mais ocorrências para a palavra despoletar. E quando abrimos um link com o outro termo, calhamos na maior parte das vezes em páginas que o usam para afirmar esta absurda pretensão.

2) Vejamos o seu seu significado no Wikcionário. OK, não vale ir lá alterar e rebater o argumento. Reparem que o wikcionário e a wikipedia são representativos da percepção global do público. E não se pode lá escrever qualquer coisa errada. Tentem lá publicar que o Benfica ganhou o campeonato da época passada, fechem os olhos, contem até 10, e o vosso disparate desaparece, apagado por uma comunidade wiki sempre atenta.

3) O seu significado militar de origem apoia o termo comummente usado. Citando o Vasco Graça Moura num texto do Ciberdúvidas:

No meu serviço militar sempre ouvi dizer que uma granada "despoletada" era uma granada a que tinha sido retirada a cavilha (que travava a espoleta) e se encontrava pronta a explodir. (...) Se "despoletar" significasse qualquer coisa como tirar ou extrair a espoleta, não seria uma expressão tão corrente nos meios militares, por implicar uma acção altamente técnica e perigosa, que poria em sério risco a vida de quem a efectuasse... Se "despoletar" quisesse dizer travar a espoleta, então seria um puro absurdo, porque a espoleta já vem travada de fábrica.

Quando se analisou a morfologia de "despoletar", entendeu-se que a palavra é constituída pelo prefixo "des" seguido do verbo "espoletar". Simplesmente, isto teria dado correntemente "desespoletar"

4) E por fim, todos os correctores ortográficos reconhecem apenas a palavra despoletar. Afinal a língua não passa de uma convenção comunicativa. Para nos entendermos em sociedade há que usar o código em uso.

8 comentários:

Pedro disse...

Filipe


Tanto latim para chegares à conclusão que um erro generalizado se torna verdade. "Verdade" essa que pretendes defender com unhas e dentes.
O rigor com que defendes uma ideologia política poderia servir de padrão para defenderes a língua em que te exprimes. A intolerância perante relativismos devia aplicar-se a várias esferas. E eu acho que esta deveria ser prioritária.
Mas não pretendo por causa disto espoletar uma discussão. Queria era despoletar tanta assassinato que se faz ao nosso idioma.

Abraço

Anónimo disse...

E por fim, todos os correctores ortográficos reconhecem apenas a palavra despoletar. Afinal a língua não passa de uma convenção comunicativa. Para nos entendermos em sociedade há que usar o código em uso. - Filipe

Precisamente. Chama-se a isso evolução semântica. A questão de saber se o uso de um termo é certo ou errado dependerá, em última análise da simples questão de saber se a convenção linguística foi adoptada ou não. Num período de incerteza, certo uso de um termo pode ser considerado errado (por exemplo, o "pensar de que" introduzido por Mário Soares e depois por Pinto da Costa). Já num período em que a nova convenção linguística foi plenamente adoptada (pense-se no verbo "despoletar"), o purismo semântico - a ter um mínimo sentido - vem tarde e a más horas.

JB

Orlando disse...

Segundo o dicionário "Michaelis", "espoletar" é "colocar a espoleta em". "Despoletar" é exactamente o contrário: "retirar a espoleta de".

CMF disse...

Independentemente do assunto central, aconselho-o a mudar de corrector ortográfico, porque em qualquer dicionário da Língua Portuguesa pode encontrar a palavra "espoletar". "todos os correctores ortográficos reconhecem apenas a palavra despoletar", não é verdade, o corrector do Word, por exemplo, reconhece o verbo "espoletar".

Zé Luís disse...

O Vasco Graça Moura cumpriu o serviço militar onde? Pegou ou manejou alguma granada? Conhece o mecanismo, sabe o que é uma espoleta, uma cavilha?
Despoletar não é tirar a cavilha, é tornar a granada inofensiva retirando-lhe a espoleta.
Daí o termo correcto a utilizar é espoletar para originar alguma coisa (uma discussão) e despoletar é tirar o significado a essa discussão.
A espoleta é o mecanismo que faz accionar o detonamento da carga explosiva numa granada.
A espoleta funciona se se soltar a cavilha e largar a garra que por sua vez segura a espoleta evitando que esta faça explodir a carga.

Filipe Melo Sousa disse...

O que se pode retirar é a cavilha, não a espoleta. E mesmo que a operação fosse possível chamar-se-ia "desespoletar"

luis disse...

realmente a ignorância é algo excelente.

pesquise num dicionário decente (priberam online) e verá que o que afirma é que é ridículo.

luis disse...

aliás, você contradiz-se a si mesmo no seu post, o que só mostra que nem sabe o que diz.

despoletar significa "retirar a espoleta", o que impede a detonação.

pesquise na priberam em vez de sites manhosos do tipo "ciberduvidas" em que as duvidas são respondidas pela "sabedoria popular" e não por alguém que saiba do que fala.