2007/08/01

Porque é Impossível Baixar os Impostos

Crítica da redução da carga fiscal, por Igor Caldeira, no seguimentos da discussão neste Post.

Portanto, tu assumes que o Estado é actualmente necessário, mas simultaneamente defendes que ele é um agressor. Portanto, é um agressor necessário. Tenho dificuldade em acompanhar a lógica de precisarmos de alguém que nos agride, mas vou prosseguir.

Considerando então tu que o agressor é necessário, ainda assim pretendes retirar ao agressor as condições que lhe permitem agir como entendes que é necessário. Fugir aos impostos é um dever moral e ninguém devia pagar impostos. É um dever moral para podermos ficar felizes com o facto de agredirmos o agressor, que sendo mau já afirmámos anteriormente que é necessário. E é necessário para quê? Bom, a única conclusão que podemos daqui extrair é que o Estado é necessário para que possamos continuar a queixar-nos da sua existência.

3 comentários:

Igor disse...

Quem afirma que é possível baixar impostos, sou eu. O que tui afirmas é que ninguém devia pagar impostos.

Coisas completamente distintas.

Filipe Melo Sousa disse...

Disparate, acredita que as pessoas que tu acusas de "fugir" já são aquelas que mais impostos directos e indirectos pagam.

JLP disse...

Caro Igor,

De acordo com a sua "teoria", o aumento brutal da eficiência da máquina fiscal verificado nos últimos anos (nomeadamente na vigência do mandato de Paulo Macedo), foi acompanhada pela respectiva diminuição de impostos. Não foi?

É que "se mais pagarem, todos pagam menos", não é?