2007/06/10

Super na Venezuela


Após ler a entrevista de Mário Soares na revista Única do Expresso, com especial atenção aos parágrafos sobre as amizades Bolivarianas do Super, fica-me uma certeza e uma dúvida.

Com a certeza de que nos safámos de boa nas últimas eleições. A estas horas tínhamos o primeiro ministro a controlar o presidente da república e não o contrário.

Com dúvida de quando é que os apoiantes do Super ficam com a mesma certeza que eu.

3 comentários:

David Oliveira disse...

Não me diga?! e eu que supunha que o que Sócrates melhor tem feito - entre muitas outras coisas nefastas - é precisamente o de controlar o PR ou para não ser malévolo o PR que se deixa controlar em prol da colaboração estratégica.

Cirilo Marinho disse...

Talvez a segunda opção David.
Para quem achasse que este senhor PR não ia passar o primeiro mandato a trabalhar para o segundo...

Ricardo G. Francisco disse...

O Pr só pode fazer estragos na política externa.

Se lá estivesse o Soares...nem quero imaginar. Apesar de tudo quero acreditar que o Sócrates tambem se afastaria do Chavismo...ou seja..."porrada" entre o Super e o engenheiro...