2007/05/09

Recomendação do dia

Recomenda-se ao presumível raptor da pequena inglesa Madeleine que aguente por mais uns 3 ou 4 anos a criança em sua posse e que vá investindo para uma boa campanha de relações públicas.

Por essa altura já deve ter passado a ser o pai afectivo.

5 comentários:

Snowball disse...

Desculpa lá, que piadinha infeliz.

Tem este caso algo a ver com o outro?

JLP disse...

Aparentemente foi pelo menos esse o entendimento dos juízes de primeira instância do outro caso.

snowball disse...

Exceptuando o facto de só terem "raptado" a criança depois de serem considerados pais afectivos...

Só mesmo aparentemente...

AA disse...

:D

JB disse...

É a usucapião aplicada às criancinhas...:)

Agora a sério, concordo com este post do CAA:

http://ablasfemia.blogspot.com/2007/05/nusea-2.html

Parece-me incrível que pais portugueses na mesma situação não mereçam tanto o empenho da polícia.

E desejando que tudo acabe bem e que a criança regresse aos pais, não posso deixar de dizer que os mesmos me inspiram muito pouca compaixão. Que raio de pais deixam as crianças a dormir no quarto e vão jantar fora?