2008/07/04

Quando um comuna despe a pele de cordeiro


Os complexos problemas em presença, exigem uma solução política e negociada de um conflito que se arrasta há mais de 40 anos sem solução, situação que é em si, inseparável da política de agravamento da exploração e de terrorismo de estado praticada pelo governo neo-fascista de Uribe, conforme tem vindo a ser denunciado pelas forças progressistas e democráticas da Colômbia.
Trocando por miúdos:
  1. Não se pode libertar prisioneiros inocentes assim de forma leviana. Tem de haver uma contrapartida para os raptores terroristas
  2. Terroristas são aqueles que não raptam inocentes, e que inclusive os resgatam
  3. As forças democráticas são aquelas que não foram eleitas

3 comentários:

hkt disse...

Há de facto algo de trágico nesta recusa do PCP em fazer o se "aggiornamento" pois, se até o velho dinossauro (Fidel) veio a terreiro dizer coisas sensatas (não sentidas)
...
http://hekate-hkt.blogspot.com/2008/07/o-mito-de-urbano.html

Pedro disse...

Filipe

Em primeiro lugar, não são raptores terroristas mas sim "forças democráticas progressistas". E não precisam de ser eleitas, não senhor. Pois a vontade do povo não precisa das eleições burguesas para se manifestar. As forças progressistas é que sabem o que é bom para o povo: o Socialismo e a sociedade sem classes.
Quanto aos fassistas do Governo de Uribe, ou serão neofassistas?, não precisam de raptar ninuém para serem terroristas! São terroristas porque são fassistas. São fassistas porque não aplicam políticas socialistas, não camaradam com as Farc nem com o Chavez, nem com outras forças progressistas democráticas.
Entendeste?

Fábio disse...

Estes comunistas e a sua noção de democracia faz-me lembrar uma noite em que jantou em casa dos meus pais um comunista, que foi muito activo politicamente durante o PREC, e que esteve a conversar com eles sobre uma empresa qualquer que foi nacionalizada, e há uma frase em especial de que me recordo:

"A nacionalização da [empresa X] foi decidida pelo Povo, numa reunião que tive com mais três camaradas do Partido."

Não é bonito?

Acho também muito bonito que o partido que mais combate pela Democracia, pelas Massas, pela classe operária, pelos fracos e oprimidos, seja em simultâneo um partido que não faz congressos, daqueles a sério, em que se elegem os corpos dirigentes.

Por que será?