2007/09/24

Pseudo-Liberdades

Estamos no período de início de aulas. Durante estas semanas, dezenas de milhares de jovens vão ser achincalhados contra a sua vontade por todo o país, num ambiente de grande complacência e total indiferença por parte da gestão das faculdades que assiste ao triste espectáculo. Por vezes nos próprios recintos.

Continuo a estranhar as pessoas que têm a percepção que a praxe é um acto voluntário de submissão por parte dos caloiros. Pergunto-me que liberdade de decisão tem alguém que acaba de ingressar numa faculdade e se encontra num ambiente desconhecido perante tal escolha. Ainda mais quando lhe é dito que a sua decisão em recusar a praxe terá como consequência a comparência num tribunal, onde se poderá decidir todo o tipo de consequências arbitrárias contra ele. Aqui deixo alguns vídeos onde de certeza os caloiros não se submeteram por sua vontade.





1 comentário:

Pedro Menezes Simoes disse...

Pela primeira vez vejo um liberal a reconhecer que a desigualdade no acesso a informação cria problemas na liberdade contratual.

Os meus parabéns pela lucidez.

http://norteamos.blogspot.com