2007/02/09

Isto é que é gente jovem com olho para os verdadeiros inimigos da Liberdade e vontade de resolver os problemas

[A] única explicação, ou pelo menos a explicação última das coisas que escrevo é ser um Liberal-Social sendo portanto contra a direita conservadora e a esquerda estranguladora da economia de mercado, mas mais do que isso sou contra o Neo-liberalismo e Liberalismo Clássico.

Comentário de André Escórcio, no Speakers Corner Liberal Social.

7 comentários:

Anónimo disse...

JLP,

Continuo a defender que há que argumentar logicamente. Até ao fim. Tambem por isso admiro o JM.

Aposto que o bom do Escórcio olha para este post como um elogio...


Ricardo Francisco

Filipe Melo Sousa disse...

Caro JLP,

O André enumera os seus rivais ideológicos tanto à esquerda como à direita. Esta citação é além disso clara ao afirmar que o confronto é mais marcado na frente oriental que na frente ocidental. É uma tomada de posição como qualquer outra no xadrez político. Não é, como deixa a entender o título deste post como se se estivesse a marcar uma só frente. Eu bem sei que recomendas apontar os canhões para a outra ;)

Pedro disse...

O que se lê nesse post não é uma mera enumeração de adversários, ou de rivais... externos. Mas cada um vê o que quer, n'est ca pas?

Cirilo Marinho disse...

[...] mas mais do que isso [...]

JLP disse...

"Continuo a defender que há que argumentar logicamente. Até ao fim. Tambem por isso admiro o JM."

Sem dúvida. E eu bem que tento, e aplico o meu tempo (e às vezes a minha paciência) a fazê-lo.

Mas às vezes uma pessoa lê coisas que, sinceramente, não vale a pena...

JLP disse...

Filipe Melo Sousa,

Como diz o Cirilo, acho que dá para depreender bem do que está escrito qual é a prioridade "a abater".

Concerteza o problema não é do bloco central e da ausência de rumo político que nos governa há dácadas, e dos fétiches de socialismo e social democracia mais ou menos assumidos.

Não, o problema e a prioridade é o "neo-liberalismo e o liberalismo clássico", essas correntes políticas tão presentes no panorama político nacional e que tantas responsabilidades têm pelo estado em que estamos.

Go figure.

Ricardo disse...

JLP,

Estava a falar a sério a brincar. Eu também perco (demasiadas vezes) as estribeiras.


Filipe,

Não sei como cabe na cabeça que não faça sentido isso mesmo. As baterias apontadas para o outro lado. É que ainda por cima é fácil!!!

Este tipo de post do Escórcio parece um sacrifício à ideologia para namorar o eleitorado do bloco de esquerda...eles de facto têm uma militantes giras...lá isso têm.

Ricardo Francisco